F7 Sistemas – Criar Sites , BH, Santa Luzia , MG

Xiaomi Mi Watch tem reparo mais trabalhoso do que o Apple Watch – Gadgets

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Receba os artigos diretamente no seu email


O Xiaomi Mi Watch, tentativa da operário chinesa de ser um Apple Watch, passou pelas mãos afiadas do iFixit que abriu o smartwatch e descobriu que os esforços de ser parecido com seu concorrente americano ficam quase que somente concentrados na secção externa, além de ser mais trabalhoso para o reparo.

xiaomi mi watch desmontado

O mercado de smartwatches é subjugado pela Apple, mas o Xiaomi Mi Watch é uma das inúmeras tentativas do mercado chinês de fustigar de frente nesta peleja. Desta vez com um relógio que tem tela Super AMOLED de 1,78 polegada e solução de 368 x 448 pixels, processador Snapdragon 3100 e um visual bastante inspirado com o Apple Watch.

xiaomi mi watch aberto

O desmonte do iFixit deixa evidente que a secção semelhante ao relógio da maçã fica basicamente do lado de fora, com muita diferença por dentro e que está centralizada em dois pontos: a bateria do Mi Watch tem 560 mAh, contra 296 mAh do lado do Apple Watch Series 5 com caixa de 44 milímetros e o motor de vibração, que no Xiaomi Mi Watch tem uma fração do tamanho da estrutura do Apple Watch.


class="wp-image-324176 size-medium" src="data:image/svg+xml,%3Csvg%20xmlns='http://www.w3.org/2000/svg'%20viewBox='0%200%20700%20562'%3E%3C/svg%3E" alt="xiaomi mi watch e apple watch" width="700" height="562" data-lazy-src="http://f7sistemas.com.br/site/wp-content/uploads/1581033610_938_Xiaomi-Mi-Watch-tem-reparo-mais-trabalhoso-do-que-o-Apple-Watch-–-Gadgets.png" title="Xiaomi Mi Watch tem reparo mais trabalhoso do que o Apple Watch – Gadgets 5">

Motor de vibração do Xiaomi Mi Watch (cima) e o do Apple Watch (plebeu)

Mesmo com tanta diferença de tamanho, o que resulta em uma força de vibração muito menor, o site diz que o remoinhar da diadema do dedo também passa a sensação de “um pouco rodando com toques” que existe no padrão da Apple. Já na diferença de bateria, a promessa da Xiaomi é de 36 horas de uso e isso é o duplo do que a Apple diz que seus relógios podem resistir com exclusivamente uma fardo.

No final, a nota de reparo ficou em quatro de dez, sendo que dez é o mais fácil de reparar e zero o mais difícil. Os comentários para a nota ficaram assim:

  • Facilidade de remoção das pulseiras
  • A troca da bateria é simples, mas requer a remoção da placa mãe
  • Maiora dos componentes é modular e isso ajuda na troca, mas a placa subalterno é presa com rebites (!)
  • Remover a tela para penetrar o relógio é provável, mas certamente danificará o vidro

Somente por conferência, o Apple Watch Series 5 recebeu nota seis de dez, o que faz o reparo no relógio da Apple mais simples.

Com informações: iFixit.

Fonte

Tags , , , , , , , ,