F7 Sistemas – Criar Sites , BH, Santa Luzia , MG

Redmi Note 10 vs Galaxy M51: lder em bateria tem o melhor dispêndio Comparativo


Receba os artigos diretamente no seu email


06

O Redmi Note 10 surpreendeu todo mundo ao entender o topo de nosso teste de bateria, trazendo ainda outras mudanças notáveis em relação ao seu predecessor, porquê a troca de um chip da MediaTek por uma solução da Qualcomm e o uso de uma tela AMOLED.

Mas será que o novo postulante a queridinho da Xiaomi tem o que é preciso para enfrentar o Galaxy M51, tido por muitos porquê o celular de maior relação dispêndio-favor da Samsung na atualidade? O TudoCelular colocou os dois modelos lado a lado neste comparativo para deslindar An” width=”115″ height=”95″/>





Samsung
24 Dez


ndice do comparativo

Design

Redmi Note 10

Olhando de frente os aparelhos são muito parecidos, com poucas bordas ao volta da tela e furo concentrado para a câmera de selfies. O queixo é um pouco maior no Redmi Note 10, enquanto o Galaxy M51 é um pouco mais gordinho e pesado por conta da bateria muito maior, além de ser também mais elevado e largo por ter tela pouca coisa maior.

Já na secção traseira temos propostas muito diferentes, ainda que ambos sejam construídos inteiramente em plástico. O Redmi Note 10 tem um conjunto no esquina esquerdo na cor do aparelho com o flash LED, tendo outro conjunto dentro dele para organização das quatro câmeras em um alinhamento onde a principal fica destacada supra das demais, estas organizadas em triângulo prepóstero.

Já no M51 temos o tradicional alinhamento em L dentro de um conjunto preto que já vimos desde os modelos do prelúdios do ano pretérito. O padrão da Xiaomi tem remate fosco na traseira, enquanto o da Samsung é liso e luzidio, o que acaba facilitando a presença de marcas de dedo e arranhões.

Galaxy M51

Tanto o Redmi Note 10 quanto o Galaxy M51 possuem slot devotado para microSD, permitindo que você use dois chips SIM e ainda aumente seu armazenamento. Eles também têm em generalidade a presença de porta P2 para fones de ouvido e leitor de impressões digitais integrado ao botão power na lateral, que é um pouco cimo demais no M51 mas funciona muito no universal em ambos.

Por término, o Redmi Note 10 é o único com qualquer tipo de proteção contra danos por chuva e poeira, tendo certificação IP53 que garante que ele sobreviva a respingos e coisas mais leves.

Por ter certificação IP53 e ainda ser mais fino e ligeiro, tendo melhor construção, o primeiro ponto vai para o Redmi Note 10.










Melhor construção

Nenhum

Slot é híbrido ou não?

Nenhum

Possui alguma resistência?

Redmi Note 10

Melhor solução do notch

Ambos

Melhor solução da biometria

Ambos

Qual é mais ligeiro e mais fino?

Redmi Note 10




Multimdia e recursos

Tela


Duelo de telas Super AMOLED cá. Felizmente para a Samsung nesse comparativo, o Redmi Note 10 não segue seu irmão mais custoso e traz taxa de atualização de exclusivamente 60 Hz, mesma usada pela sul-coreana no Galaxy M51, e considerando que ambos também possuem a mesma solução em proporção 20:9 teremos uma experiência muito parecida nos dois.

O padrão da Samsung leva vantagem por permitir exibição de teor HDR em mais serviços, enquanto o Redmi Note 10 ficou restringido ao YouTube em nossos testes.

Pelo HDR e aproveitamento frontal um pouco melhor, ponto para o Galaxy M51.









Melhor tecnologia de tela

Ambos

Melhor solução de tela

Nenhum

Melhor proporção tela/corpo

Galaxy M51

Tela de Hz elevada?

Nenhum

Qualidade universal da tela

Galaxy M51

Som


A Samsung finalmente começou a dar atenção ao sistema de som de seus intermediários com os novos Galaxy A52 e A72, mas o Galaxy M51 infelizmente não participou da sarau e temos exclusivamente som mono com potência mediana e som meio abrasado. Já o Redmi Note 10 faz secção da reformulação da Xiaomi na categoria, trazendo bom áudio estéreo de qualidade que só distorce quando se aproxima do sumo de volume.

O Galaxy M51 vem com fones de ouvido na caixa, que embora básicos já servem para quebrar um galho caso você não tenha um melhor.

O som estéreo dá vitória para o Redmi Note 10, mesmo sem fone na caixa.








Som é estéreo?

Redmi Note 10

Possui ingressão P2?

Ambos

Possui protocolos de subida qualidade e ajustes para Bluetooth e fio?

Ambos

Vem fones de ouvido na caixa?

Galaxy M51

Sistema


Mais uma vez colocamos lado a lado One UI e MIUI, duas interfaces customizadas das mais populares. Ainda que tenha a versão Core da interface, o Galaxy M51 entrega praticamente todas as funções vistas nos modelos com o sistema “completo”, tendo também bom suporte a atualizações.

Enquanto o Redmi Note 10 sai de fábrica com Android 11 sob a MIUI 12, o M51 sai com Android 10 e One UI 2.5, mas já foi atualizado para o Android 11 e One UI 3.1, versão mais atual disponível para os modelos da Samsung. Provavelmente teremos ambos os aparelhos indo para o Android 12, mas não dá para saber quando.

O grande problema do Redmi Note 10 está na otimização da MIUI, ou melhor, na falta de otimização. A sensação que fica é que a Xiaomi deixa sua interface mais pesada a cada versão, o que acaba comprometendo o gerenciamento de RAM dos aplicativos e faz com que eles fiquem recarregando o tempo inteiro.

Porquê extras temos na Xiaomi o infravermelho, que transforma o aparelho em um controle universal para seus eletrônicos.

Sistema mais otimizado de um lado, emissor infravermelho e já transpor de fábrica com versão mais atual do outro, vamos de empate.








Sistema muito atualizado?

Ambos

Sistema será atualizado futuramente?

Ambos

Qual sistema ou personalização tem mais e melhores recursos?

Ambos

Faltam conexões? Sobram?

Ambos

Desempenho



Ambos os modelos contam com chip da Qualcomm, mas enquanto o Redmi Note 10 vem com um da série 600 o M51 vem com um da série 700, e porquê esperado, isso faz diferença. Além do hardware mais potente, o Galaxy M51 também está com sistema mais redondinho, o que o permitiu terminar nosso teste de velocidade em menos da metade do tempo do Redmi Note 10. Para se ter teoria, o tempo totalidade do teste com o aparelho da Samsung foi menor do que o tempo necessário para o da Xiaomi completar a primeira volta.

Curiosamente as pontuações de benchmark nem são tão diferentes, mas temos pequena vantagem para o M51 com seu Snapdragon 730G em todos eles.

Em jogos os Galaxy M51 também se sai melhor, conseguindo não somente entregar qualidade gráfica superior porquê ainda manter uma fluidez bacana por mais tempo.

Bom, não tem porquê dar ponto para outro que não o Galaxy M51.










Quem se sai melhor no teste de introdução?

Galaxy M51

Quem leva a melhor nos jogos mais exigentes?

Galaxy M51

Quem tem os melhores números de benchmark?

Galaxy M51

Qual o processador mais atualizado?

Galaxy M51

Qual tem melhor estabilidade de RAM/processador?

Ambos

Qual tem mais armazenamento?

Ambos

Bateria



7.000mAh contra 5.000mAh, vitória fácil para o Galaxy M51, patente? Falso.

Cá é onde vemos que a decisão da Xiaomi em matar os processos a todo momento dá resultado, fazendo com que o Redmi Note 10 passasse das 30 horas de uso em nosso teste de uso real, batendo o recorde e tomando a diadema do Moto G7 Power. O Galaxy M51 não fez mal-parecido, é verdade, mas descarregou 1 hora e meia mais cedo que o padrão chinês, o que para um tanque desse tamanho acaba pesando mais por gerar expectativas maiores.

Além...

de insistir pouca coisa a mais, o Redmi Note 10 ainda recarrega muito mais rápido, já que vem com carregador de 33W na caixa contra um de 25W da Samsung que acompanha o Galaxy M51.

Nenhum deles tem recarga wireless, mas o Galaxy M51 permite que você carregue outros aparelhos via cabo, funcionando porquê se fosse uma powerbank.

Mostrando que números não são tudo, o Redmi Note 10 leva o ponto da bateria.








Qual tem mais bateria?

Galaxy M51

Qual recarrega mais rápido?

Redmi Note 10

Qual dura mais de concordância com o teste de bateria do TC?

Redmi Note 10

Tem carregamento sem fio?

Nenhum

Cmera

Os dois trazem conjunto de quatro câmeras na secção traseira organizados da mesma forma, sendo um sensor principal de maior solução, um com lentes ultra-wide, um para macro e um para ajudar a calcular profundidade em fotos com modo de desfoque ativado. Em números brutos o Galaxy M51 é mais promissor com todas as câmeras, mas e na prática?

Mesmo com a diferença de solução não temos lá um barranco entre as fotos tiradas com Redmi Note 10 e Galaxy M51, mas no universal o aparelho da Samsung se sai melhor, entregando fotos mais nítidas e modo noturno mais eficiente.

Já com a ultra-wide temos um resultado curioso, onde a qualidade universal das imagens é melhor no Redmi mesmo com a solução subalterno. Nos macros o Galaxy M51 volta a se ressaltar e cá com grande vantagem, enquanto no desfoque de fundo os dois trabalham muito no universal.

Por ter uma qualidade melhor no universal, o Galaxy M51 leva o ponto.











Melhor conjunto de câmera traseira

Galaxy M51

Melhores fotos noturnas

Galaxy M51

Conjunto mais versátil

Ambos

Melhor ultrawide

Redmi Note 10

Melhor teleobjetiva

Nenhum

Melhor macro

Galaxy M51

Melhor desfoque

Ambos

Fotos tiradas com o Redmi Note 10

Ambos os modelos gravam em 4K a 30 fps, mas o Redmi Note 10 permite fazer vídeos em 60 fps se você decrescer a solução para Full HD. No universal o Galaxy oferece qualidade melhor, seja na estabilização eletrônica, na conquista de áudio ou nas cores e indemnização de exposição durante a filmagem.

Ponto para o Galaxy M51.








Possui estabilização óptica?

Nenhum

Possui estabilização eletrônica?

Ambos

Grava em 4k a 60fps?

Nenhum

Melhor em vídeo

Galaxy M51

Fotos tiradas com o Galaxy M51

A Samsung sempre foi bastante criticada por seu efeito “boneco de cera” aplicado em selfies, mas vem trabalhando para amenizar isso nos últimos lançamentos, e o Galaxy M51 é um deles. Temos selfies melhores com o padrão sul-coreano, seja em nível de detalhes ou nas cores, mas nenhum dos dois é um primor em envolvente noturno.

Mais um ponto para o Galaxy M51.







Melhor conjunto de câmera frontal

Galaxy M51

Câmera frontal grava em 4k?

Galaxy M51

Melhor selfie

Galaxy M51

Preo

O Galaxy M51 foi lançado no Brasil por R$ 2,9 milénio, mas já pode ser encontrado por menos de R$ 2 milénio facilmente há alguns meses, devendo estabilizar seu preço na moradia dos R$ 1,8 milénio.

Já o Redmi Note 10 não foi lançado ainda no Brasil, alguma coisa que deve sobrevir no próximo dia 5 de maio, mas considerando o que temos visto na prática de preços da Xiaomi Brasil podemos esperar que os 200 dólares cobrados no mercado internacional virem um pouco perto dos R$ 2 milénio.

Caso você decida importar, o preço no padrão chinês é muito mais atrativo, e mesmo pagando as possíveis taxas alfandegárias não devemos ter um pouco superior ao que é cobrado pelo Galaxy M51 por cá.

Ponto para o Redmi Note 10.






Qual teve melhor preço de lançamento?

Redmi Note 10

Qual tem melhor dispêndio-favor atual?

Redmi Note 10










Redmi Note 10






Confrontar






8.3
Hardware


8
Dispêndio Benefcio







Samsung Galaxy M51






Confrontar









Concluso

Fechamos o comparativo com 6 pontos para o Galaxy M51 e 5 pontos para o Redmi Note 10, o que mostra que os aparelhos são muito equivalentes considerando a proposta de cada um e a escolha vai desabar mais no que você prioriza.

Quem quer tela maior e melhor, câmeras melhores e desempenho melhor vai no Galaxy M51, que ainda oferece bateria muito boa e sistema mais otimizado.

Já quem preza por um áudio extrínseco de qualidade, construção mais trabalhada, melhor ergonomia, e bateria que dura muito e ainda recarrega rápido vai de Redmi Note 10, tendo ainda o extra legítimo do emissor infravermelho e sendo muito mais barato se você deliberar importar, chegando a custar metade do preço em promoções pontuais.

RESULTADO

Redmi Note 10: 5 PONTOS

  • Melhor dispêndio-favor
  • Bateria dura mais e recarrega mais rápido
  • Sistema mais atualizado de fábrica
  • Som estéreo de qualidade
  • Melhor construção e design mais fino e ligeiro

Galaxy M51: 6 PONTOS

  • Melhor câmera traseira
  • Melhor em gravação de vídeos
  • Melhor em selfies
  • Melhor desempenho em jogos e tarefas diárias
  • Sistema mais otimizado
  • Melhor tela com HDR

Mas e você: qual acha que compensa mais a compra? Acha que o Galaxy M51 realmente entrega mais e por isso vale remunerar um pouco mais custoso? Ou é melhor forrar e ir de Redmi Note 10? Comenta aí embaixo!

(atualizado em 01 de maio de 2021, s 21:00)

Fonte

Tags , , , , , , , , , , ,