F7 Sistemas – Criar Sites , BH, Santa Luzia , MG

Google removeu mais de 700 milénio apps da Play Store em 2017

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Receba os artigos diretamente no seu email


Dizer que a Google Play Store tem problemas com apps ilegítimos e ataques hackers é chover no molhado. Por muito tempo a lojinha do Android foi infestada de softwares falsos e vírus, de tal forma que a plataforma por muito tempo não era 100% confiável.

Só que os tempos são outros, e os erros serviram para ensinar ao Google porquê combater essas pragas de uma maneira mais eficiente e eficiente. De entendimento com a companhia, exclusivamente em 2017 mais de 700 milénio apps foram removidos da Play Store, 99% deles antes que os usuários sequer fossem capazes de acessá-los; levante é um número 70% maior do que o apanhado em 2016.

Isso porque segundo o Google, seus algoritmos de identificação de pragas estão muito mais poderosos, além de não mais permitir que alguns formatos clássicos sequer sejam aprovados: soluções que copiam apps famosos (principalmente os exclusivos da Apple App Store) ou com texto inapropriado...

(zero de pr0n ou violência gráfica) não tem mais vez. A empresa está usando estágio de máquina para identificar os formatos manjados e hackers, de modo a automatizar o processo e torna-lo mais veloz.

S Google também está descendo o banhammer na cabeça dos desenvolvedores: os algoritmos são capazes de identificar infratores reincidentes mesmo quando estes criam novas contas e uma vez pegos, são chutados sem dó. Segundo o Google, muro de 100 milénio malandros foram excluídos da Play Store em 2017.

Dessa forma, ainda que tenha demorado um naco é bom ver que o Google está fazendo por de de modo a tornar o Android mais seguro, e trabalha para exterminar apps falsos ou incompatíveis com suas políticas e remover desenvolvedores maliciosos de sua loja de apps.

Fonte: Android Developers Blog.

The Google removeu mais de 700 milénio apps da Play Store em 2017

Com informações de (Fonte):Meio Bit

Tags , , , , , ,