F7 Sistemas – Criar Sites , BH, Santa Luzia , MG

Caso Henry: conhea a instrumento Detetive TC


Receba os artigos diretamente no seu email


04

Um dos principais assuntos dos noticiários dos últimos dias é a morte do menino Henry Borel no Rio de Janeiro, das quais caso tem sido investigado pelas autoridades porquê um provável assassínio cometido pelo seu padrasto, o vereador Dr. Jairinho.

Para encontrar evidências nos celulares apreendidos, a polícia do Rio utilizou uma instrumento especializada em restabelecer mensagens e chamadas apagadas, chamada Cellebrite Premium. O Detetive TudoCelular buscou informações sobre ela e explica os detalhes a você a seguir:

Cellebrite Premium


O responsável por acessar os arquivos apagados é o Cellebrite Premium. Ele consiste em uma solução criada pela empresa israelense chamada Cellebrite, em 2007, com o objetivo de ser utilizada por autoridades para conseguir restabelecer informações deletadas previamente em celulares apreendidos.

“Respondemos continuamente à evolução dos dados digitais e de sua relevância cada vez maior para uma ampla gama de investigações e operações, incluindo homicídios, gangues, tráfico de drogas, exploração infantil e crimes cibernéticos. Desenvolvendo sua liderança em exames para dispositivos móveis, a Cellebrite lançou um pacote completo de soluções para mourejar com a demanda de mercado por uma solução que ofereça exames digitais, extração e estudo de dados. Porquê uma parceira que tem o compromisso de ajudar a tornar o mundo um lugar melhor e mais seguro a cada dia, a Cellebrite continua a desenvolver produtos, serviços e treinamento inovadores e confiáveis, que prestem suporte a investigações e operações de todos os tipos.”






Cellebrite

O site solene mostra que consiste em um resultado para fornecer aproximação premium a todos os dispositivos iOS e Android e última geração. Entre as funções fornecidas, estão recuperação de senha em aparelhos da Apple – porquê iPhones e iPads – e do sistema operacional do Google. A invenção do desbloqueio pode ser feita “à força” ou de outras maneiras.

O usuário ainda consegue extrair dados de um espaço teoricamente vazio do espaço interno, para restabelecer os arquivos que existiam antes, mas foram excluídos. A Cellebrite promete também o aproximação a logs de sistema e de aplicativos, assim porquê a recuperação de dados de aplicativos de terceiros – entre eles, estão mensageiros e redes sociais, porquê WhatsApp, Facebook e Telegram.

A companhia não explica os detalhes de porquê funciona o seu sistema para conseguir o feito. Porém, garante que consegue passar até pela criptografia aplicada pelo iTunes para backup. A explicação é mantida em sigilo para que o “sigilo” não caia nas mãos de um criminoso, o qual possa utilizar o caminho para prejudicar outras pessoas.

Cellebrite no Brasil


Apesar de ter um site em português, a plataforma está traduzida para Portugal, e não ao Brasil. Mesmo assim, tem seus produtos disponíveis para compra no Brasil, uma vez que o país aparece na lista de formulário para contato com a empresa.

No território pátrio, segundo a colunista do Extra, Berenice Seara, são poucos os departamentos focados em perícia criminal que possuem entrada ao dispositivo. Entre eles, um órgão que tinha entrada a um era o Ministério Público do Rio de Janeiro – o qual chegou a receber autorização para aplicá-lo nas investigações da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

A colunista ainda reforça que a compra pela Secretaria da Polícia Social aconteceu no último dia 31 de março, cinco dias depois os celulares do par serem apreendidos.

Apple vs FBI


No para qualquer um


Fonte

Tags , , , , , , , , ,