F7 Sistemas – Criar Sites , BH, Santa Luzia , MG

Canon EF 40mm f/2,8 – pequeno review

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Receba os artigos diretamente no seu email


Se você vive ou se interessa pelo mundo da retrato, logo sabe que tudo é muito custoso. As câmeras, lentes e acessórios estão custando uma nota, ainda mais por conta do cima valor do dólar. Mas, ultimamente, me desprendi totalmente da vontade de comprar cada vez mais equipamentos. Chequei a desenlace que a bolha da produção de câmeras digitais finalmente explodiu e é provável viver somente com os equipamentos mais baratos e, ainda assim, com qualidade. Isso é reforçado pela maneira porquê vemos retrato hoje. Embora o número de pessoas que imprimem fotos esteja crescendo, a maior secção dos consumidores visualiza suas imagens nas telas de computador, das TVs de LCD ou nos celulares. Para esse tipo de mídia não é necessário uma câmera de desempenho altíssimo, e duvido que muitos consigam honrar marcas ou modelos de câmera exclusivamente observando uma imagem.

Então, a não ser que você vá produzir imagens de subida qualidade para sensação fine art, publicação em revistas especializadas ou mercado de retrato de eventos, um equipamento de média qualidade vai suprir todas as suas expectativas. Dentro dessa visão, também temos que procurar lentes que se enquadrem dentro dessa perspectiva. Lentes costumam custar muito quantia. Uma boa escolha para esses equipamentos são as lentes fixas, também conhecidas porquê lentes prime. Elas são pequenas, leves, costumam ter uma ótima nitidez, uma grande introdução de diafragma e custam muito mais barato do que uma lente zoom do mesmo patamar. Hoje, estou brincando com uma lente prime produzida pela Canon que possuí várias características muito interessantes. Estou falando da EF 40mm f/2,8 STM.

Essa lente não é tão novidade assim no mercado. Ela foi lançada em junho de 2012. G composta por seis elementos divididos em 4 grupos. A lente é uma EF (Eletronic Focus) o que quer expressar que ela pode ser utilizada tanto em câmeras full frame quando nas câmeras cropadas. Ela também é equipada com o motor de foco STM (Stepper Motor), que garante um foco rápido e sem barulhos, indicado tanto para retrato quanto para filmagens. A sinceridade máxima fica em f/2,8 e a mínima em f/22. A principal particularidade que labareda a atenção é o seu tamanho escasso. Ela é uma lente Pankake, o que pode ser uma boa particularidade para quem está procurando um equipamento ligeiro e compacto.

Ao pegar a lente na mão estranhei um pouco o seu tamanho e o peso (somente 130 gramas). Estou avezado com lentes mais pesadas, mas a construção da lente é muito boa, plástico sólido e encaixes de metal. Lembrando que em uma câmera com fator de galanteio ela vai ter um ângulo de visão equivalente a uma 64mm.

E qual seria o uso de uma lente dessas? Para praticamente qualquer coisa. P uma intervalo focal muito versátil e a grande exórdio de diafragma confere a ela a possibilidade de ser utilizada em situações de pouca iluminação. Eu a utilizei, até agora, praticamente só em retratos e produtos. Seria uma intervalo focal ideal para esse tipo de foto? A maior secção dos “entendidos” em retrato diria que não, mas percebi que a distorção nas fotos é minima e a nitidez perfeita para esse tipo de imagem. Aliás, até muita nitidez. Lembrando o concepção de hiperrealidade nos retratos, de nossas câmeras possuem tanta solução e qualidade que a maior secção das pessoas retratadas encontram defeitos que elas nunca tinham percebido. Mas, isso é papo para um outro .

Mesmo sendo uma lente com tamanho parco e, consequentemente com um diâmetro de lhaneza de diafragma muito menor do que em uma lente mais “normal”, em lisura de f/2,8 existe uma boa perda...

de profundidade de campo. Então é melhor tomar desvelo, dependendo do tipo de retrato que está realizando.

Imagem 01

A Imagem 01 foi feita somente com a luz do sol. A câmera utilizada foi uma Canon 50D com velocidade de 1/200, ISO 1000 e fenda f/2,8. Tudo muito que temos os fatores intervalo e foco, mas percebam a perda de profundidade de campo na secção de trás da imagem. Mesmo em f/2,8 a perda de qualidade na nitidez é muito pequena.

Imagem 02

Já na Imagem 02 podemos ver a mesma perda de profundidade de campo em um retrato duplo. Foi utilizada a Canon 50D com velocidade de 1/100, ISO 2000 e buraco em f/4. A introdução foi menor (compensada pelo aumento do ISO) justamente para prometer um minimo de nitidez nas duas modelos, já que uma está um pouco mais afastada do que a outra. Em f/2,8 seria impossível manter essa nitidez nas duas modelos, mas mesmo assim, é provável notar um pouco de perda de foco na segunda padrão.

Uma situação em que essa lente não seria adequada é a retrato de vitualhas. Todos indicam uma lente de pelo menos 100mm e macro. Mas, eu não palato de seguir mandamentos, logo utilizamos ela na retrato de vitualhas em uma lição do curso de food stylist de estou ensinando a secção da retrato.

Imagem 03

A Imagem 03 foi feita com a Canon 50D com velocidade de 1/200, ISO 400 e franqueza de f/3,5. Nesse caso, a perda de profundidade de campo é um pouco profícuo, pois ajuda a trazer a atenção para o objeto principal do prato, no caso dessa imagem, o copo de caipirinha. Mas, a nitidez na zona de foco foi muito boa. Mesmo sendo uma lente de ordinário dispêndio eu não teria problema de entregar essa foto para um provável cliente.

Imagem 04

A imagem 4 foi feita em estúdio. Foi utilizada a Canon 50D com velocidade 1/160, ISO 100 e lhaneza f/10. A foto não possui edição nenhuma, só foi convertida do registo RAW para JPEG. Gostei da capacidade da lente em conquistar detalhes e uma nitidez muito satisfatória. Suficiente para atender a maior secção dos trabalhos realizados em estúdio fotográfico. Abaixo um galanteio nessa foto para reparo dos detalhes.

Imagem 05

Conclusão:

A Canon EF 40mm f/2,8 STM é uma lente ligeiro, compacta, com nitidez muito bacana e valor interessante. P uma lente genérica que serve para tudo. Pode ser utilizada em retrato ao ar livre ou em estúdio, retrato ou objetos e pode ser sua companheira inseparável. Em pouco tempo utilizando o equipamento eu já tenho certeza que, no momento, é a lente que mais palato.

A secção mais interessante, porquê já disse algumas vezes no texto, é o valor. Ela pode ser encontrada (no mercado livre) por valores que variam de R$ 640,00 a R$ 1.100,00. Se você tiver a oportunidade de comprar ela nos Estados Unidos o valor gira em torno de US$ 180,00. Vale muito a pena ter essa pequenina na bolsa.

Com informações de (Fonte):Digital Drops

Pesquisas:

  • canon 50d (1)

Tags , , , ,