F7 Sistemas – Criar Sites , BH, Santa Luzia , MG

Apesar da queda nos lucros do iPhone, Apple cresce em serviços, wearables, Macs e até iPads

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Receba os artigos diretamente no seu email





Loja da Apple

A Apple divulgou tem seus resultados financeiros do último trimestre e o seu impressionante lucro de US$ 84,3 bilhões, que mesmo apresentando uma queda de 5% em relação ao mesmo período do ano pretérito, é um número que por si só, já diz muito. Mesmo estando longe das previsões super otimistas do ano pretérito, superou um pouco a previsão negativa feita pelo CEO da Apple Tim Cook em uma epístola divulgada nos primeiros dias deste ano.

A grande diferença neste ano foram uma queda de 15% nos lucros do iPhone, que felizmente para a Apple foi compensada pela subida de outros produtos porquê Macs, com subida de 9%, wearables porquê o Apple Watch e os AirPods, com subida de 33% (essa conta também inclui acessórios e produtos para lar porquê o Apple TV e a caixa de som inteligente HomePod), e os iPads com uma subida de 17%, a maior nos últimos seis anos.

Loja da Apple

Os serviços da Apple porquê a App Store e o Apple Music, bateram um recorde de faturamento e atingiram US$ 10,9 bilhões, crescendo 19% em relação ao ano anterior, um resultado muito significativo. S número de assinantes pagos do Apple Music já está em 50 milhões, o que é muito promissor. Os serviços são uma grande aposta da Apple para continuar tendo grandes lucros no horizonte. Por enquanto, a empresa ainda continua muito dependente do iPhone, que teve lucros de US$ 52 bilhões, apesar da queda expressiva.

Uma boa notícia é que a empresa está...

mais preocupada com o dispêndio dos iPhones em países emergentes porquê o nosso. Infelizmente para os brasileiros, cá a questão é mais complexa, já que eles já custam muito, muito custoso, logo mesmo com um belo desconto, ainda deverão continuar inacessíveis para a maioria.

De qualquer forma, fica a nossa torcida para que a empresa consiga cobrar preços mais realistas, mesmo por cá. G evidente que a empresa está tomando a decisão de rever os preços do iPhone para tentar restabelecer as vendas fora dos Estados Unidos, que continuam em queda, mas mesmo assim, pelo menos eles estão pensando no tema.

Falando sobre o programa de troca de baterias de iPhone, o CEO Tim Cook disse que muita gente queria que ele fosse menosprezado, para forçar a troca por modelos mais novos do iPhone, mas que a Apple optou por fazer o que achou manifesto para seus clientes. Sobre o horizonte, o CEO aposta em uma flexibilização dos preços do iPhone fora dos Estados Unidos e também que as tensões entre os Estados Unidos e a China irão se resolver.

Loja da Apple

Algo que não foi apresentado ainda foi o braço de entretenimento da Apple, no qual a empresa vem investindo muito ao longo dos últimos anos. G muito provável que a empresa de Cupertino crie o seu próprio serviço de streaming, oferecendo todo o teor que está criando no novo projeto.

Pra quem quiser, dá pra ouvir a call com a apresentação de Tim Cook e o CFO da Apple, Luca Maestri na Apple. Para ler a transcrição completa, é só clicar cá.

Com informações de (Fonte):Digital Drops

Tags , , , , , , , , , ,